top of page

DIA DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E À SECA, E DIA DOS CROCODILIANOS


DIA MUNDIAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E À SECA, desde 1995 que este dia visa consciencializar para a necessidade da cooperação internacional, de modo a combater a desertificação e os efeitos da seca. Também como objetivo implementar a Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação, nos países que sofrem sérios problemas com a seca, principalmente nos países africanos, ajudar e orientar como que esses processos podem ser enfrentados.


Desertificação é a perda da capacidade de renovação biológica das zonas áridas, semiáridas e subsumidas. Este é um dos processos que mais seriamente ameaçam a humanidade, caracterizando um problema mundial que atinge, pelo menos, um quinto da população do planeta.

Além da ocorrência por fenômenos naturais, uma das principais causas de desertificação são devido ao mau uso do solo. Para prevenir e evitar esse fenômeno pode-se realizar o plantio direto, instalações de barreiras nos sulcos, uso controlado de pecuária e reflorestamento.


A proteção e a regeneração das zonas áridas permitem diversos avanços: a segurança alimentar é reforçada; possibilita uma luta efetiva contra as alterações climáticas; além de ajudar as pessoas que vivem nessas zonas a tomar o seu futuro nas mãos. Com isso, aceleramos os progressos no sentido de cumprir os objetivos de desenvolvimento mundial.


Cuidar dos nossos solos significa cuidar de toda a vida na Terra. Preservar é missão de todos!

Hoje também é DIA MUNDIAL DOS CROCODILIANOS 🐊, uma campanha global de conscientização e sensibilização, com o intuito de chamar atenção das pessoas para a importância e a necessidade de conservação dos jacarés e crocodilos: répteis milenares, remanescentes dos extintos dinossauros, que lutam pela sobrevivência no planeta há milhares de anos.


No Brasil, há seis representantes da ordem Crocodylia: jacaré-tinga (Caiman crocodilus), jacaré-do-pantanal (Caiman yacare), jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris), jacaré-paguá (Paleosuchus palpebrosus), jacaré-coroa (Paleosuchus trigonatus) e jacaré-açú (Melanosuchus niger), todos da família Alligatoridae.


Os crocodilianos possuem um papel muito importante no equilíbrio do ecossistema.

No entanto, a vida desses animais está sendo cada vez mais prejudicada por ações antrópicas como desmatamento, drenagem de várzeas para agricultura, uso de agrotóxicos, poluição dos rios e caça para comércio ilegal de carne e pele.


#JuntosÉPossivel ajudar na conservação!

Apoie e participe de iniciativas e ações de conscientização e preservação:

.

.

Para mais informações, novidades e dicas, siga-nos:

@roupapetbr

.


Por Roupa Pet🐾

Comments


bottom of page